quinta-feira, 3 de setembro de 2015

O dia em que as mulheres ficam possuídas


Fonte fotográfica: Tumblr

Muitos já se devem ter perguntado o porquê de as mulheres parecem possuídas quando estão menstruadas. Ninguém pode respirar, ninguém pode dizer nada, que elas atacam logo com mil frigideiras na mão e um saco de batatas. Será que é porque lhes fazem uma limpeza cerebral naqueles dias ou porque simplesmente elas se aproveitam da situação para descarregarem toda a sua fúria diária?

A verdade é que estar menstruada não é brincadeira para ninguém. Há quem faça gozo disso e não saiba o quanto dói, mas imaginem simplesmente uma serra eléctrica a cortarem-vos as pernas... (ou talvez algo que doa mais). As mulheres quando estão menstruadas não tratam as pessoas mal de propósito. A culpa não é nossa. Inconscientemente, as hormonas tomam conta de nós (novo filme: Invasão das Hormonas). Para aquelas que ainda não têm o período ou mesmo para aqueles que nunca o terão (dêem graças a Deus), sangrar por quatro ou cinco dias seguidos é doloroso, pelas seguintes razões:

1. Sangramos durante dias e continuamos aqui
Ter o período é o mesmo que ter uma hemorragia interna. Por muitos estudos e comprovações que existam por aí, para mim ainda é um mistério o porquê de nós mulheres sangrarmos por dias sem nos acontecer nada que nos leve ao céu e nos traga de volta. Exetuando aqueles casos, de quando uma mulher sangra muito mais do que o normal, obrigando-a a ir para um hospital para saber o que é que ela tem de errado com as hormonas, ou mesmo com o útero. Ou noutros casos, aquelas que sangram durante um ou dois dias e não sangram mais até ao mês seguinte (o que também pode ser sinal de irregularidade).

2. Somos descamadas pela Mãe Natureza
O que acontece com o nosso útero é que o endométrio (membrana que reveste a parede uterina), quando não tem um bebé para alojar, descama-se, provocando-nos dores terríveis e surreais durante quatro ou cinco dias. Daí eu dizer que nós sofremos hemorragias internas, porque é verdade. Nada dói mais do que quando uma parte de nós nos é arrancada (que poética eu).

3. Ganhamos peso e parecemos autênticos peixes balões
Na sociedade em que vivemos hoje em dia, todos sabemos que um problema que atinge muitas mulheres é o problema de peso. Mas quando estamos na altura do mês, não há nada que nos convença de que não estamos gordas (inchadas, peço desculpa). Se por acaso, virem mulheres do vosso conhecimento, com os peitos maiores, uma barriguinha saída ou pernas grossas, não lhes digam que engordaram. Compreendam apenas que é do inchaço do período.

4. A vontade de comer um leão é inevitável (ou então não)
Se a mulher já for gulosa de natureza, quando está prestes a menstruar, a fome triplica. Os chocolates, os gelados, a feijoada e a tosta mista (etc.) não podem estar ao alcance dos nossos olhos. Qualquer que seja o alimento que nos apeteça comer, o melhor é eles aparecem porque senão, a situação fica complicada.

5. Taradices e maluquices
Para aquelas mais tímidas, admitam. Quando vocês estão com o período ficam muito assanhadas. Aquele rapaz todo jeitoso, que anda na mesma escola que vocês, pode até vos passar ao lado nos dias normais, e vocês nem ligarem. Mas quando a luz acende, até as coisas em que não reparavam passam a ser alvo de apreciação. Mas não se apoquentem. Ter amor à vida de vez em quando não faz mal nenhum.

6. Se o queijo for bom, a gente chora
Sim, nós ficamos muito sensíveis. Principalmente se estivermos em frente da televisão ou do computador a assistir um filme de comédia ou de ação (temos de ser sinceros). As coisas mais estranhas fazem-nos chorar. Nem assistir um filme de drama ou de romance nos faz chorar tanto quando estamos perante a uma coisa que normalmente não nos faz comichão. Eu costumo chorar por tudo e mais alguma coisa, e no momento a seguir, já estou a rir que nem uma condenada... Mas a vida continua. Temos de nos zangar com a mesa que se colocou à nossa frente e ficar na paz com a louça que decidiu cair do armário e partir-se toda. Bipolaridade sempre.


7. Nem o SONASOL retira a mancha do imprevisto
Se isto NUNCA vos aconteceu, então vocês estão abençoadas. Na história da humidade, é completamente impossível uma mulher, por uma única vez na vida, não ficar com a mancha do sangue nas calças, ou nas cuecas, ou na saia que decidiu sujar-se. O que mais nos preocupa no meio de tanta coisa, é saber se estamos manchadas ou não. Se numa conversa assim pró random, vocês escutarem a pergunta "Estou suja?" é porque a mulher está com o período. Para comprovarem o pânico, se vos perguntarem isso, digam que sim. Ou vocês se riem ou então são decapitados.
É inevitável. Nem o penso XXXL (sonho) nem o maior tampão são capazes de salvar a mulher desta situação quando a menstruação decide ser matreira e sair do lugar aonde deveria estar. Longa vida às góticas e às calças pretas.
E para não falar também das vezes em que ficamos feitas malucas a contar os dias, e o período decide aparecer num dia fora de horas. E lá está a mancha outra vez.


8. Parir já não vai ser um problema
Para quem desconhece, as dores menstruais que nós temos, são pequenas amostras de um parto. Pode até doer no parto, mas já vamos estar tão habituadas, que talvez não nos doa assim tanto (as mulheres que já foram mães que se pronunciem e que nos digam se é verdade ou não).


9. É tanta coisa que já nem sei o que dizer
Quando estamos menstruadas, muita coisa acontece. Existem mulheres que mal sentem que estão a sangrar, e depois existo eu, que quando chego à altura do mês, tenho de preparar pilhas de comprimidos e jarros para partir (típico de novela).

Brincadeiras à parte, o período pode deixar-nos indispostas para tudo, chateadas com a vida, inchadas que nem um balão, mas na verdade, ter o período é sinal de saúde. Para aquelas que querem ser mães um dia, se a vossa menstruação nunca aparecesse ou então se vocês forem irregulares, como poderiam concretizar esse sonho? Talvez com alguns truques fantásticos, mas mesmo assim.
Comam o que quiserem, partam o que quiserem, respondam o que vos der na gana. Desde que não faltem pensos higiénicos, tampões e comprimidos para aliviar as dores, a vida não fica assim tão má (fala a rapariga que está sempre com cara de menstruada).


*NOTA: O facto de estarmos menstruadas não é, de modo algum, uma desculpa para descarregarmos os nossos problemas nos outros. Para além da menstruação, existem outros problemas que nos possam estar a incomodar e é por isso que muitas das vezes não estamos bem. Há simplesmente mulheres que não aceitam ter o período. Do mesmo modo que os homens têm os seus problemas, nós mulheres também temos os nossos, e com as hormonas à mistura, este cozinhado não fica lá muito bom.

6 comentários:

  1. Adorei o post Carolayne, muito bem estruturado, simples e directo! Já para não dizer que identifiquei-me imenso com todos os tópicos. Tipo todos! É uma realidade, ser mulher não é propriamente fácil, em especial nestes quatro maravilhosos (sqn) dias. Deveríamos apenas receber uma mensagem a dizer "não estás grávida, até ao próximo mês", ao em vez de passarmos por uma transformação de 360·. Resumiu, adorei e estou a adorar os conteúdos deste novo blog. Continua assim. ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz. Antes de mais, obrigada pelo comentário. Fico feliz por teres gostado e por te teres identificado, pois essa era uma das minhas intenções. Vida de mulher não é fácil mesmo.
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. OMG, quase todo esse texto:tão euuu......Carolayne resumindo e concluindo: somos especias e muito fortes por sinal ahahah. Acontece tanta coisa dentro do nosso corpo que nem temos a noção , portanto é sempre bom relembrar. adorei, parabéns mais uma vez :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Núria.
      É verdade. É preciso ter uma grande força para aguentar tudo aquilo que se passa connosco.
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Adorei a maneira engraçada mas verídica de como falas do assunto. Menstruação não é brincadeira nenhuma,não. Todas nós sabemos o inferno que é todos os meses :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por teres gostado e por te teres identificado.
      Obrigada.
      Beijinhos.

      Eliminar