domingo, 7 de fevereiro de 2016

BOX-OFFICE \\ 3 filmes, 3 dias, 3 sugestões [2]

Clica na fotografia para veres o trailer
Sinopse: The Walk é a história real de um jovem sonhador, Philippe Petit, e um grupo de recrutas improváveis que, juntos, alcançam o impossível: uma travessia ilegal sobre um cabo no imenso vazio entre as torres do World Trade Center. Com pouco mais do que a coragem e a ambição cega, Petit e a sua desorganizada equipa superam obstáculos assustadores, traições, inúmeras situações arriscadas e todas as adversidades para vencer o sistema e executar o seu plano improvável.

O que diz a Lyne... Assim que o trailer deste filme saiu, que eu senti uma vontade incontrolável de o assistir. Talvez por ter como premissa algo supostamente impossível como atravessar uma distância enorme entre duas torres altíssimas através de um cabo, ou o facto de isso ter acontecido mesmo e este filme retratar apenas uma biografia. A verdade é que assim que tive a oportunidade de o assistir, coloquei mãos à obra e surpreendi-me como estava à espera. Não houve altura em que o meu coração não palpitasse de ansiedade ou medo, sempre que o Philippe se colocava em cima de uma corda ou cabo para atravessar. As interpretações estão excelentes e a fotografia não poderia estar melhor. Não fosse por isso e toda aquela adrenalina que qualquer um deve ter sentido ao assistir isto não existiria. Se há coisa que aprendi com este filme e com o protagonista é que, independentemente das nossas ambições, por mais loucas e descabidas que elas sejam, se depositarmos sempre uma dose certa de amor naquilo que fazemos, assim como um pouco de coragem, tudo é possível!


Clica na fotografia para veres o trailer
Sinopse: Neste próximo capítulo da saga Maze Runner, Thomas e os seus companheiros terão que enfrentar o seu maior desafio até agora: procurar pistas sobre a misteriosa e poderosa organização conhecida como C.R.U.E.L. A sua viagem leva-os a Scorch, uma paisagem desolada, cheia de obstáculos inimagináveis. Juntando-se com combatentes resistentes, eles enfrentam as forças vastamente superiores de C.R.U.E.L. e descobrem os planos chocantes que ela tem para todos eles.

O que diz a Lyne... Confesso que depositei muita fé nesta saga assim que ouvi falar dela. Quando o trailer do primeiro filme estreou, a minha missão centrou-se em fazer o download do mesmo, comprar os livros e lê-los primeiro. Digamos que assim que assisti, pela primeira vez o Maze Runner, que me ia dando um ataque. E está mais que óbvio o porquê. Muita coisa na atmosfera do livro foi modificada, o que acabou por arruinar um pouco algumas coisas que, a meu ver, estavam mal explicadas. 
Para melhorar ainda mais, enquanto eu lia o segundo livro da saga, o trailer da segunda adaptação desfilou-se-me em frente dos olhos e eu só não atirei com o livro à cara da televisão por ter amor aos livros. A partir daquele momento, disse para mim mesma que não colocaria a vista em cima deste filme por nada deste mundo... Mas eis que o protagonista é interpretado pelo, nada mais nada menos, Dylan O'brien!! Digamos que eu tenho uma paixão platónica por este rapaz graças à sua personagem Stiles em Teen Wolf e, por uma espécie de respeito, dignei-me a sentar-me no sofá, colocar o filme e deixar-me levar pelas emoções. E só tenho a dizer que enquanto filme ele até se safa. Não senti que a história tenha sido partida dificultando a compreensão da mesma e os efeitos até que dão um bom ar à coisa. Existem umas quantas partes que poderiam ter sido substituídas por outras, mas para desanuviar, acho que é o filme perfeito. Uma coisa que eu até classifico como algo bom é o suspense que existe em algumas cenas (embora não tenha acontecido no livro).


Clica na fotografia para veres o trailer
Sinopse: A próxima evolução do Universo Cinemático da Marvel traz um fundador dos Vingadores para a telona pela primeira vez com Homem-Formiga dos Estúdios Marvel quando o ladrão mestre Scott Lang deve aceitar seu herói interior e ajudar seu mentor, o Dr. Hank Pym, a proteger o segredo por trás de seu especular traje do Homem-Formiga de uma nova geração de grandes ameaças.

O que diz a Lyne... Ultimamente ando numa de apostar em filmes da Marvel sempre que posso. Mesmo que não seja uma entendida no assunto, sempre achei este mundo de super heróis bastante fascinante. E este filme não me desiludiu. Embora o tenha começado a ver com um pé atrás, a verdade é que me fui descontraindo ao longo da metragem e acabei por gostar. Recheado de momentos cómicos, ação e um certo mistério, Ant Man é uma personagem que nos ensina que por mais pequenos que sejamos, tudo em nós pode fazer a diferença e mover mundos desde que queiramos. 

8 comentários:

  1. Ainda nao vi nenhum dos 3 mas quero MUITO ver o primeiro! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale tanto a pena!! Mesmo que as pessoas o interpretem de maneiras diferentes, a verdade é que este filme tem muitas lições que nos podem motivar a viver mais um dia intensamente. Eu gostei bastante! :D

      Eliminar
  2. Vi o primeiro e digo-te que adorei porque transmite muita coisa ao mesmo tempo e pode levar-nos a pensar em coisas que talvez não pensemos tanto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi exatamente assim que eu me senti... Como não me queria prolongar muito, também não disse tudo o que queria, mas a verdade é que terminei o filme com mais vontade de apostar nos meus sonhos e nas minhas ambições! Eu simplesmente adoro filmes que nos conseguem transmitir este tipo de vibrações! :)

      Eliminar
  3. Ando há imenso tempo para ver o "Homem-formiga", mas ainda não ganhei coragem.
    nuages dans mon café

    ResponderEliminar