1 de março de 2016

My Fit Self Challenge by Kill Your Barbies

Se há coisa que eu adoro, são os desafios que se criam pela blogosfera, e digamos que fiquei especialmente entusiasmada com este criado pela Nádia, do blogue Kill Your Barbies, por tocar num assunto que me afeta muito pessoalmente. Passando ao conceito do desafio, o mesmo tem como objetivo fazer-nos mudar certos hábitos alimentares, de estar e pensar, ao longo do mês de março. A Nádia teve o cuidado de nos apresentar uma lista com algumas orientações para que nos pudesse ser mais fácil aderir e levar o assunto a sério. Podem ver a publicação detalhada aqui, mas deixar-vos-ei, apenas, a lista das orientações:

- Trocar o pão branco por pão integral ou de sementes;
- Reduzir o consumo de sal (lima, limão e ervas aromáticas são excelentes alternativas);
- Reduzir o consumo de azeite;
- Substituir o açúcar branco pelo mascavado;
- Eliminar (ou reduzir ao máximo) a ingestão de fritos;
- Eliminar (ou reduzir ao máximo) o consumo de junk food;
- Aumentar as doses diárias de fruta e legumes;
- Jantar entre as 18h e as 20h (quanto mais cedo, melhor);
- Se tiveres fome antes da hora de dormir, opta por uma peça de fruta;
- Beber, pelo menos, 1,5L de água por dia (podes descarregar a app Water Your Body, que calcula a quantidade necessária para o teu peso e altura);
- Manter bons hábitos de sono;
- Fora de casa, levar sempre um snack leve para evitar lanches menos saudáveis;
- Fazer meia hora de exercício diário e aproveitar cada oportunidade para nos movermos (caminhar sempre que possível, usar escadas, etc).

Tendo-me tornado numa amante pelo exercício físico moderado e por gostar genuinamente de mudar a cada dia para melhor, decidi aderir a este desafio por ser mais um empurrão para seguir com esta vida saudável e por sentir que, de uma maneira ou de outra, tomarei mais atenção às coisas que ingiro ao longo do dia. Admiro bastante esta iniciativa da Nádia por puxar por nós para certos aspetos que nos passam ao lado no dia a dia. No meu caso, que só ando para a frente se tiver alguém que me incentive, ver a forma como algumas pessoas se esforçam para se ajudarem a eles mesmos e aos outros, é de aplaudir e pelo menos tentar. Embora já leve a cabo alguns dos pontos acima, tenho plena noção de que existe, ainda, muita coisa que eu tenho de mudar drasticamente e espero, com muito entusiasmo, conseguir cumprir com isto durante o mês e prolongar estes hábitos para o resto da vida.

Se eu tiver a oportunidade, informar-vos-ei lá para o meio do mês o meu percurso, com alguns relatos, dicas e receitas que ache por bem partilhar. Para os corajosos que decidiram aderir (todos aqueles que participarão estão, minuciosamente, descritos nesta publicação, desejo-vos muita boa sorte e que obtenham resultados excelentes, tanto em termos físicos mas, principalmente, psicológicos. Como eu tenho por hábito dizer, de nada vale termos um corpo todo xpto se a nossa mente não estiver sã!


5 comentários: