quarta-feira, 3 de agosto de 2016

BLOG RELATED \\ Publicações agendadas

Não sou grande fã de publicações agendadas. Compreendo o seu valor, não fosse a vida de muitos bloggers que conheço agitadas; as vontades repentinas de escrever cinquenta textos muito raras; a antecedência que muitos assuntos requerem no que toca a publicações; ou mesmo o facto de já me ter dado jeito dar-lhes uso. Pese embora estas e muitas outras razões que tornam o agendamento precoce de certas publicações necessário, neste momento, não encontro grande utilidade no mesmo. Sou uma pessoa que gosta de planificar a vida a longo prazo, mas confesso que o faço apenas para me sentir segura em certas ocasiões. Raras são as vezes em que o futuro chacoalha as mãos com o passado, contribuindo com os projetos preconcebidos - seja de maneira positiva ou não - , e eu bem sei que nem sempre as coisas correm bem para o nosso lado. Sou, também, uma pessoa ansiosa e que se caracteriza por mudar de ideias de tempos em tempos, pelo que agendar publicações não seja algo que se mostre muito plausível para mim. Do mesmo modo em que gosto de viver com intensidade os presentes que a vida me oferece, dá-me um gozo enorme escrever o que tenho para escrever de uma assentada só, demore eu o tempo que demorar a fazê-lo.

Com a chegada da universidade, estou ciente de que o tempo que costumo ter para aqui será reduzido, porém, não deixarei que essa circunstância me roube por completo a dedicação e o amor que nutro por este espaço. Como em tudo pelo já passei, as coisas resumem-se a uma questão de organização de prioridades e tempo; assim como eliminar do nosso dia-a-dia aqueles resíduos que tanto insistimos em alimentar, mas que em nada contribuem para o nosso desenvolvimento. Talvez aí, numa ocasião de pouco acesso, me associe aos agendamentos, mas sempre com um pé atrás. Antes de me atirar para isso, terei o cuidado de disponibilizar nos meus horários uma ou duas horas para escrever, como sempre o fiz. Como me disseram uma vez, se escrever é algo de que eu realmente goste, não ser-me-á difícil conciliar os estudos com os hobbies. Quiçá, até terei mais espaço do que me vem à mente para o fazer, tendo até mais coisas para contar e mais conteúdo para desenvolver. Mas até lá, evitarei fazer das publicações agendadas o meu aliado.

1 comentário:

  1. Eu para já só utilizo publicações agendadas como uma espécie de manhosice para o Blogger pôr os meus posts na lista da leitura. Antes, publicava na hora e o Blogger não punha os meus posts na lista da leitura, o que eu faço para resolver isto é agendar os posts para o minuto seguinte, e desta forma já aparecem. De resto, não recorro a agendamentos.
    O que é eu faço é o seguinte: quando estou muito inspirada, sou capaz de escrever cinco posts de seguida, e tenho um calendário digital em que os distribuo pela semana. Em cada dia, pego nesses posts que estão nos rascunhos, ponho fotos neles e publico-os.
    No entanto, não descarto a hipótese de agendar mesmos posts um dia, para umas férias em que é me impossível levar o computador, ou para uma época de exames mesmo atarefada ( embora eu tenha conseguido vir ao blog nessas épocas, apesar da quantidade enorme de matéria que tinha para estudar).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar