segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Livros que quero ler (ainda) este ano

Lembram-se duma minha publicação, aquela em que partilhei convosco o meu plano de leituras? Onde, muito curiosamente, criei metas quase absurdas para mim mesma, aderindo em tudo quanto era maratona literária, chegando ao meio do ano despreocupada com esse assunto? Pois, hoje aqui estou eu para vos informar de que muita coisa mudou entretanto. Para além de me ter apercebido do quão mau é impormos metas de leituras, sendo que ler deve ser visto como um lazer e não como uma obrigação, que me desliguei das que criei para mim, lendo o que bem me apetecesse, quando me desse na gana. Continuam a existir livros que quero ler urgentemente, não fosse a minha curiosidade aliada da vontade, assim como a necessidade de debater acerca das temáticas dos mesmos com amigos que já os tenham lido anteriormente. Se antes de 2016 começar eu tinha intenções de ler cinquenta livros, hoje a meta nada mais é do que trinta, mesmo que a mesma não venha a ser cumprida. De qualquer das formas, estou bastante descontraída com isso e para o ano que vem terei o cuidado de não estabelecer metas. 

Apesar de toda esta minha despreocupação com as metas, existem quatro livros que gostaria de ler antes do ano terminar, não só por estarem na minha lista há bastante tempo, mas essencialmente por eu acreditar que, depois de lidos, contribuirão bastante para a minha maneira de pensar e ver o mundo (assim como todos os outros livros o fazem).


\\ A leitura atual



"O Deus das Moscas" \\ Sinopse: Um avião despenha-se numa ilha deserta, e os únicos sobreviventes são um grupo de rapazes. Inicialmente, desfrutando da liberdade total e festejando a ausência de adultos, unem forças, cooperando na procura de alimentos, na construção de abrigos e na manutenção de sinais de fogo. Porém, à medida que o frágil sentido de ordem dos jovens começa a fraquejar, também os seus medos começam a tomar sinistras e primitivas formas. De repente, o mundo dos jogos, dos trabalhos de casa e dos livros de aventuras perde-se no tempo. Agora, os rapazes confrontam-se com uma realidade muito mais urgente - a sobrevivência - e com o aparecimento de um ser terrível que lhes assombra os sonhos. (via Bertrand)

O que diz a Lyne... Já não me recordo de onde surgiu a minha vontade de ler este livro, talvez pela menção do mesmo por parte do meu professor de Filosofia, ou pelo booktube; mas a verdade é que a sua premissa chamou bastante pela minha atenção. Desde que li o Admirável mundo novo, que a minha vontade de investir em distopias clássicas têm-se acentuado bastante. Já comecei a leitura d'O Deus das Moscas e até agora tenho vindo a gostar. Pelo que me parece, William Golding era dotado de uma forma de escrever que, muito particularmente, consegue cativar-me por mais. Assim que o terminar, farei uma review mais completa!


\\ Os que quero ler



"1984" \\ Sinopse: 1984 oferece hoje uma descrição quase realista do vastíssimo sistema de fiscalização em que passaram a assentar as democracias capitalistas. A electrónica permite, pela primeira vez na história da humanidade, reunir nos mesmos instrumentos e nos mesmos gestos o trabalho e a fiscalização exercida sobre o trabalhador. O Big Brother já não é uma figura de estilo - converteu-se numa vulgaridade quotidiana. (via Bertrand)

O que diz a Lyne... Esta foi uma recomendação da Nobel. A sua descrição deixou-me bastante curiosa, para além de ter também a Nenko a convencer-me a lê-lo há bastante tempo. Comprei-o em inglês, comecei a lê-lo, mas deixei-o de lado para uma ocasião em que estivesse com vontade de o ler, mas em português. Quando fiz os 18, a minha tia ofereceu-me a versão em português, à qual ganhei um carinho especial e uma outra vontade de o colocar em dia. Para além da temática e das muitas referências que tenho visto por aí, penso ser importante debruçar-me nesta leitura e constatar o que ela tem para me oferecer!


"Laranja Mecânica" \\ Sinopse: Narrada pelo protagonista, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma reposta igualmente agressiva de um governo totalitário que então domina a sociedade. Os processos utilizados e as fantásticas e inesperadas conclusões ainda hoje são tão polémicas como actuais. (via Bertrand)

O que diz a Lyne... Uma outra sugestão da Nobel, um dos seus livros favoritos. Acabei por ver primeiro o filme, a curiosidade maior do que tudo. Apesar de ter ganho uma relação amor-ódio com o filme, não descartei a ideia de ler a obra que lhe deu origem, com o intuito de perceber melhor a história. Confesso que, tal como o 1984, comecei a ler algumas frases do Laranja Mecânica, ainda este verão, todavia, esta é uma obra que clama por muita atenção e concentração, não fosse a sua linguagem algo inventada e nada comum nos outros livros. Como quero perceber bem o seu conteúdo, deixei-o de lado para uma altura mais calma. A ver se consigo pegá-lo, ainda, este ano!


"Harry Potter e o Príncipe Misterioso" \\ Sinopse: (não colocarei, pois poderá conter spoilers para aqueles que ainda não leram, nem nunca viram o filme).

O que diz a Lyne... Apesar de ter optado por não colocar a sinopse, isso não quer dizer que a série Harry Potter seja má. Muito pelo contrário; quando decidi aventurar-me por este mundo fantasioso, jamais me passaria pela cabeça que iria gostar assim tanto dele. Em tempos, tive uma relação agridoce com Harry Potter, mas aos poucos fui amolecendo o meu coração, até ao ponto de me ter apaixonado perdidamente pelos filmes (que vi em dois dias) e os livros, cujos os cinco primeiros já foram lidos. Comprei o sexto no Continente, em prol de uma promoção que já terminou, mas a qual me favoreceu bastante. Estou super ansiosa para descortinar os mistérios deste sexto volume, aconselhando a leitura dos que estão para trás!






E por aí? Já leram ou já quiseram ler algum destes livros?

6 comentários:

  1. Muito obrigado minha querida :D Acredita que os teus comentários me encheram imeeeeeeeeeeenso o coração :D É bom sentir o vosso apoio :D

    Ótimas escolhas. Não conhecia nenhum dos primeiros mas fiquei super curioso com o 1984 :D

    NEW TIPS POST | All you need to KNOW about Make Up Illuminators.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  2. estão tb na minha lista para ler

    ResponderEliminar
  3. Estou neste momento a ler o 1984, mas ainda vou muito no início, por isso não posso dizer-te muito sobre ele, no entanto tenciono fazer uma review quando acabar de o ler, por isso daqui a uns dias (talvez semanas, uma vez que tenho tido muitas dores de cabeça) se passares pelo meu blogue és capaz de encontrar a minha opinião sobre ele.
    A Laranja Mecânica é um livro de que também já ouvi falar muito bem, por isso também estou curiosa por lê-lo.
    Beijinhos,
    Andreia

    ResponderEliminar