24 de dezembro de 2016

RETRO'16 \\ 16 momentos em 2016

Cada vez que me sento para escrever mais um retro, apercebo-me do quão longo foi este ano. Se me dissessem que viveria tantas experiências num tempo que me parece agora muito curto, talvez não acreditasse. E se parte de mim decidisse aceitar essa realidade, seria com alguma desconfiança. Sejamos honestos, 2016 passou a correr e quando decidimos fazer uma retrospetiva, a tarefa de desencantar memórias e situações por vezes torna-se complicada. Felizmente criei um blogue, tirei muitas fotografias e aqui estou para relembrar aquilo que fui vivendo ao longo deste ano. Para começar, e parece que me estou sempre a repetir, eu não colocarei aqui os momentos por ordem cronológica, de preferência ou por um outro motivo extraordinário. Eles aqui estarão pela ordem que vieram à cabeça, fazendo jus a ela que tão bem sabe organizar e desorganizar pensamentos.

A VIAGEM AO PORTO foi a que me marcou mais. Não só porque foi a minha primeira viagem sozinha sem os familiares, e acompanhada por colegas, mas principalmente porque eu gostei mesmo muito da cidade do Porto. Se Lisboa para mim é o que é, esta cidade do norte foi capaz de me conquistar assim que lhe coloquei os pés em cima. As pessoas, o ambiente, as ruelas, a arquitetura, tudo encheu-me o coração e as medidas. Depois de Março, a minha sede de lá regressar tem aumentado cada vez mais, e mal posso esperar por essa oportunidade. Foi no Porto onde aprendi a ler mapas (podem-se rir à vontade); foi no Porto onde ganhei uma certa independência; foi no Porto onde descobri que afinal consigo pegar numa câmara fotográfica e fazer maravilhas, daí 2016 ter sido marcado como o ano em que A FOTOGRAFIA, MAIS DO QUE NUNCA, PASSOU A SER PARTE DO MEU QUOTIDIANO, seja pelas sensações que dela retiro, pelas recordações que construo, ou pelas aprendizagens. Não sei o que mais dizer desta área, para além do que já disse. Mas o mais incrível é o facto de mesmo não tendo o que dizer, nós temos a capacidade de acrescentar mais coisas, nem que por uma palavra a mais! Sem querer sair da atmosfera fotográfica abruptamente, tenho de acrescentar o facto de TER CONHECIDO A BEATRIZ como um momento que será eternamente recordado, exatamente graças às fotos. Esperámos 5 anos para que tal acontecesse, e finalmente aconteceu! Sei que estive gripada nesse dia, mas isso não me conseguiu demover de aproveitar cada minuto com ela, cada abraço, cada tudo! Já vos deixei em registo o quão importante é este ser humano para mim, mas penso que nunca é de mais vincar essa informação!
Este foi o ano em que sofri duas mudanças brutais, mas que não poderiam ter terminado e começado de uma outra forma: TERMINEI O SECUNDÁRIO com a sensação de que vivi os melhores três anos da minha vida, e cujos não mudaria por nada deste mundo; TENDO INGRESSADO NA UNIVERSIDADE, PARA O CURSO QUE QUERIA, pese embora os receios que me acompanharam até Setembro. A Universidade não só me tem trazido boas pessoas e boas memórias, como também me trouxe a experiência da PRAXE, essa que eu receava, mas com a qual já havia construído uma certa empatia, graças aos bloggers que outrora já foram estudantes académicos, e outros que ainda o são, e que vêem a Praxe como algo bom, uma opinião que partilhamos!
Embora tenha ficado uma pilha de nervos com os exames nacionais, as dúvidas em relação a universidade e tudo e mais alguma coisa, a partir de Maio deste ano, as coisas para mim começaram a vestir-se de tonalidades alegres. Junho foi o mês em que APAGUEI 18 VELINHAS, em que me tornei numa adulta oficial. Até agora não me tem feito nenhuma confusão, aliás, adoro ter os meus 18. Sei que as responsabilidades passaram a ser imensas, mas faz parte da vida. Temos de aprender para evoluirmos e alcançarmos aquilo que desejamos. Foi também nesse dia quando descobri que a minha TIA ESTÁ GRÁVIDA e prestes a ter a bebé. Ansiosa! As férias de verão chegaram e logo sorriram pela chegada do SUPER BOCK SUPER ROCK, o primeiro festival ao qual fui e cujo me fez sentir um misto de emoções. A música sempre significou muito para mim, não só porque sempre me foi uma fiel companheira em todos os momentos, mas também porque já me uniu - e continua a unir - a muitas pessoas. Foi graças à música, onde também passei os meus ÚLTIMOS MOMENTOS NO HIP HOP. Por muito que eu goste de dançar, e por muitas coisas boas que já tenha alcançado com tal, a altura de deixar esta atividade chegou e simplesmente tive de respeitar. Talvez um dia volte para lá, para junto deles, conquanto, tentarei perscrutar por outros desportos que suscitem em mim o mesmo interesse que a dança!
2016 será conhecido como ano em que VI MAIS DE 50 FILMES, fui ao CONCERTO DO JUSTIN BIBER PELA SEGUNDA VEZ e explorei ainda mais o mundo mágico de Harry Potter através de MONSTROS FANTÁSTICOS E ONDE ENCONTRÁ-LOS!  

E nada disto seria possível de se recordar se eu não estivesse aqui HÁ UM ANO! Oh sim, 2016 foi o meu ano enquanto blogger, não só porque vi a Lyne crescer, mas também porque cresci com ela e aqui estamos a caminho dos dois anos (e que passarão a correr, aposto!). Escrevi de forma intensa, embora por vezes não esteja consciente disso, e a melhor decisão que tomei foi mesmo a de adotar a escrita como um hobby. Escrevo desde que me recordo, sempre gostei de me expressar desta forma e confesso que eu não cresceria tanto se não fosse por isso. Para além de me ter trazido evolução, a Lyne também me trouxe as pessoas, os convites para participações especiais, uma outra forma de interpretar o mundo. TIVE A OPORTUNIDADE DE ESCREVER PARA O BLOGUE DA CAROLINA, tanto no "Tempo de Antena", assim como para o "Carimbo de Qualidade" #22, situações que me marcam muito até hoje. 
2016 não teria uma outra forma de terminar para além daquilo que já lhe está reservado. Terminarei 2016 com um sorriso no rosto por eu ter FINALMENTE ACEITE A PESSOA QUE SOU e não me apoquentar nem um pouco com aquilo que os outros poderão dizer. O segredo para que nos respeitem reside no facto de nós mesmos nos respeitarmos e darmos isso a conhecer. Se sou e se estou feliz, se este foi o meu ano, dou graças a esta conquista pessoal que fiz e às pessoas que me rodeiam. Que 2017 me traga ainda mais desafios, que seja ainda melhor e que, acima de tudo, me permita crescer ainda mais!

7 comentários:

  1. Fico feliz que 2016 tenha sido um ano em grande e para além Portugal ganhou o Euro!! Acho que na altura todo Portugal ficou a brivar!
    Feliz Natal e que 2017 seja ainda melhor que 2016 para todos!
    Beijinhos

    O Planeta da Inês | Feliz Natal

    ResponderEliminar
  2. que giro. que o próximo ano seja ainda melhor que este (:
    descobri agora o blog, está muito bonito (:
    http://arrblogs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Tão bom saber que contribuí para a tua felicidade este ano (:

    ResponderEliminar
  4. Um grande ano! E ainda bem que vieste parar à blogosfera :) que venha 2017 em grande, e bem segura de ti mesma! <3

    Jiji

    ResponderEliminar
  5. Parece que tiveste um grande ano! Foi um enorme prazer acompanhar-te este ano através da leitura do teu blog, e poder ver um pouco das tuas experiência e aprendizagens :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  6. E foi tão bom acompanhar o teu ano e o teu crescimento, mesmo! Sinto-te mais leve, mais feliz, mais descontraída e não posso deixar de estar MIL feliz por ti. Adoro adoro cada palavra deste Retro! Que continues sempre assim Lyne: VERDADEIRA!

    ResponderEliminar
  7. Foi um ano recheado de coisas boas e de muitas aprendizagens...No fundo, é isso que fica: os bons momentos e aquilo que aprendemos! E só podemos ser gratos, até por aqueles momentos que fizeram o nosso coração ficar mais apertadinho! Gosto muito de ler o que escreves, embora nem sempre comente! Acho que para dezoito aninhos és uma menina grande, muito grande, com muito para partilhar :) 2017 será ainda melhor, confia :)

    ResponderEliminar