segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

APPS \\ Daylio


Sabem aqueles dias em que nos sentimos perdidos, em que aquela meia hora do nosso dia se equivale a uma nódoa de tão borrada, por não conseguirmos visualizar o que raio é que aconteceu naquele momento? Eis que aqui vos trago uma aplicação que visa a colmatar esse nosso lado mais desorientado. Tive conhecimento do Daylio através de uns amigos, e embora me tenha questionado se eu levaria a sua utilização avante, a verdade é que já faz dois meses que lhe dou uso. Nunca tinha percebido de forma tão exímia as minhas oscilações de humor. Sei que vivo constantemente em modo montanha russa, contudo, esta app tem-me vindo a abrir os olhos: afinal, não tenho dias assim tão maus.

Para começar, e se bem me lembro, a primeira coisa que o Daylio nos pergunta é como nos sentimos. A partir daí, temos cinco smiles que nos observam, desde o "incrível" ao "horrível". Para além de nos permitir apontar como é que nos sentimos, esta aplicação prima por nos permitir indicar quais as atividades do dia, assim como nos deixa anotar, detalhe por detalhe, o que é fizemos naquele dia. Basicamente, o Daylio funciona como um diário do humor e que, ao fim de um mês, cria um mapa que nos ajuda a entender quais os nossos maiores erros, o que é que fizemos de melhor para nós e para a nossa saúde, o que é que nos deixa realmente feliz, etc..

Se tiverem receio de se irem esquecendo de apontar como passaram naquele dia, basta que acedam às definições e agendem uma hora que vos for mais conveniente para tal. Graças a isso, e tirando os dias em que me deito mais cedo do que o alarme da app, raros são os dias em que deixo escapar este meu momento de reflexão. Mesmo que se esqueçam de indicar no momento, sempre podem fazê-lo nos dias seguintes, contudo, o que torna tudo isto ainda mais dinâmico é o facto de, a cada dia, não perdermos detalhes que talvez nos venhamos a esquecer aos poucos!
Esta é daquelas aplicações que todos deveriam carregar nos seus telemóveis de modo a entenderem o que é que os fascina, para que possam cultivar isso com mais frequência. Para mim, tem sido mesmo uma experiência incrível conhecer-me ainda mais!

Já conheciam esta aplicação? Ficaram curiosos?

2 comentários: