quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

SOCIAL \\ Apoiemos a Kate?

Julguei que precisasse de conservar este sonho dentro de mim por muito tempo, e embora eu não seja a sua protagonista, ele apenas existe para me provar de que eu me preocupo e desejo o melhor para os meus. Se não estiverem a compreender o que vos quero transmitir, passo a explicar: como bem sabem, durante alguns anos andei no Hip Hop, e sempre que me refiro a esse tempo em específico, não há recordação ou sorriso que não se manifestem em mim. Tive o prazer de dançar ao lado de pessoas fantásticas e que me inspiram de alguma forma, mas existe e sempre existiu uma que, até hoje, me influencia de forma bastante positiva e que me mostrou que a dança tem um poder enorme nas nossas vidas: a Kateryna, uma grande amiga e ex-professora (e cuja acha esta referência bastante engraçada). Desde o momento em que a vi dançar, que me apaixonei pela atmosfera que exalava do seu espírito, e quem já a viu dançar, sabe bem do que falo! A partir daí que tenho desejado que a Kate vença no mundo da dança, não só por sermos amigas, mas principalmente porque um talento daqueles jamais deverá ser desperdiçado. Ontem, por acaso, fiquei a saber que esse meu sonho, o do trabalho dela ser reconhecido para lá do círculo normal de dançarinos que ela conhece, se vai realizar: a Kateryna, que eu conheço, participará do programa do Let's Dance: Vamos Dançar, da TVI, e cujas galas passarão aos sábados à noite no mesmo canal.

Ter partilhado da euforia pelo Twitter não me realizou assim tanto, daí eu aqui estar para partilhar convosco esta nova etapa da vida dela enquanto dançarina, e para vos pedir que, junto a mim e às pessoas dela, a apoiemos para que ela chegue bastante longe! Podem segui-la pela sua página no Facebook, pelo Twitter e Instagram, assim como acompanhá-la todos os sábados, enquanto ela faz o que tão bem sabe fazer: dançar! E Kate, com certeza foste apanhada despercebida com esta minha publicação, mas fica sabendo que eu, enquanto amiga, ex-aluna, fã e tudo o mais, apoiar-te-ei SEMPRE, nem que esse apoio venha em forma de raspanete, caso em algum momento consideres em desistir daquilo que amas! Com tudo dito, desejo-te a maior sorte do mundo!! You go girl!

1 comentário:

  1. Estarei atenta à tua amiga, ex-professora e inspiração, dentro do tempo que me for possível visto que o trabalho não me reserva muita disponibilidade. Mas, minha Lyne, não te esqueças que devemos sempre procurar ser iguais ou melhores do que aqueles que nos inspiram. Descreves a dança com uma paixão imensa... não a deixes como algo pendente na tua vida. É apenas o conselho de quem já deixou demasiado para trás e hoje se arrepende por demais.

    ResponderEliminar