terça-feira, 4 de abril de 2017

BOOKS \\ Autores que quero muito ler

Para além dos livros que tenho na estante - e que são muitos! -, aliados à enorme lista de livros que quero muito ler, existem certos autores que se destacam no meio desse desejo. Seja porque li uma opinião acerca deles, ou porque tive a oportunidade de ler passagens suas enquanto deambulava pela livraria, o facto é: sou bem capaz de puxar certos nomes para o topo das prioridades literárias, de modo a alimentar o bichinho da curiosidade em relação ao seu trabalho. Desta minha pequena lista, que comparada com o resto é mesmo muito pequena, denotei que a maior parte dos nomes são portugueses, o que para alguém que olhava com desconfiança para a literatura portuguesa, é bastante positivo. Apenas um nome é estrangeiro e aposto que não seja desconhecido para ninguém. Não tenho uma obra em particular que queira explorar de primeira, contudo, se algum deles for autor de uma série de livros - o que muito provavelmente acontece -, a tendência será a de ler de forma cronológica. Vamos?

Afonso Cruz entrou na minha lista desde que ouvi falar de si pelo booktube. O seu livro "Jesus Cristo Bebia Cerveja" andou a fazer muito sucesso por este meio, tanto que já o tenho adicionado na minha lista do Goodreads, desde então. É um autor que me tem vindo a suscitar demasiada curiosidade, para não mencionar o leque de elogios que ele recebe por parte dos seus leitores!
Esta escolha devo-a à Inês, uma pessoa que tão bem fala de António Lobo Antunes, sempre que o refere no seu blogue ou Twitter. Confesso que já muitas vezes me deparei com os seus livros nas lojas, e as minhas mãos caem sempre neles. Deixo com que os meus olhos viajem por certas palavras e com certeza não quero terminar a minha vida, sem antes explorar os mundos que António construiu ao longo da sua vida!
De todos os autores que já me passaram pela frente, a Colleen é a que mais faz concorrência aos outros! Devido às temáticas joviais que aborda, esta autora faz muito sucesso dentro da comunidade jovem, e admito estar a alimentar esta súbita vontade de devorar tudo o que esta senhora já escreveu ao longa da sua vida, para não falar da legião de fãs que ela tem à volta do mundo, e muitos dos quais acompanho pelo Youtube e blogosfera! Quero que esta minha viagem tenha partida desde os primórdios da sua vida enquanto escritora, aterrando até ao seu mais recente romance, de modo a que a mesma não sofra de atribulações opinativas! Penso que esta seja a maneira mais segura de se abordar alguém com um porte destes!
Quando iniciei aquela que era a minha viagem pelo mundo da literatura portuguesa, o José Rodrigues dos Santos foi daqueles que nunca saiu de debaixo da minha atenção Muitas já foram as horas que lhe dediquei nas leituras de passagens, enquanto folheava os seus livros nas livrarias. Nutro uma certa curiosidade em relação ao seu trabalho, muito em parte por causa da adoração dos seus leitores e que fazem questão de o elogiar, sempre que podem. Mal posso esperar para eu mesma começar a coleccionar as suas obras!
Deste autor posso mesmo ter a certeza de me ter cruzado com ele em vídeos de opiniões, principalmente depois de A Desumanização ter bombado por aí. Tornei-me ainda mais refém desta curiosidade desde o dia em que, na Bertrand cá do sítio, pesquei da estante um de seus livros, li a opinião que Saramago havia dado na altura, e descobri no meio daquelas folhas, um formato narrativo bem semelhante ao do próprio Saramago! Há pequenos detalhes que automaticamente chamam por nós, e aquele foi o que me convenceu em dois tempos!

Já leram algum destes autores? Temos algum em comum? Para além destes, recomendam mais algum?

2 comentários:

  1. AFONSO CRUZ! Que me perdoem as maiúsculas, mas é dos meus escritores portugueses favoritos. Já li alguns livros dele, o "Jesus Cristo bebia Cerveja" incluído. Sinceramente, esse livro é muito bom mas ele tem outros mil vezes melhor, como o "Para onde Vão os Guarda-Chuvas" ou "Os Livros que Devoraram o meu Pai". E se é para continuar na sinceridade, provavelmente recomendaria até os livros que não li dele. É soberbo, mesmo. Sou apaixonada, e já o ouvi ao vivo numa palestra na Universidade e fiquei ainda mais apaixonada. Dá para ver, certo? Ahah
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, dá mesmo para ver, ahaha. Mas fico contente por teres colocado tanto entusiasmo nesse comentário, é da maneira que me sinto ainda mais convencida de que vale a pena investir nele! :P
      Beijinhos!

      Eliminar