6 de setembro de 2017

AL DENTE \\ Pão de Linhaça

Há muito que vos digo que ando a mudar a minha alimentação e o meu estilo de vida, e relatado como é que isso tem impactado o meu humor, a imagem que tenho de mim mesma e o meu quotidiano em geral. Acredito que isso não tenha passado despercebido para quem me segue no Instagram, tendo em conta as fotografias gastronómicas que partilho convosco, e que de uns tempos para cá, se têm refletido bastante coloridas, saudáveis e, modéstia à parte, apetitosas. À pala disso, muitos amigos já me convidaram para cozinhar para eles, e eu, mãe como sou, aceitei os pedidos e fiz tudo menos saudável: uma boa lasanha não é propriamente alimentação de todos os dias, mas aquece a alma e é isso o que desejamos para a nossa vida.

DENTE

Porventura, não é de lasanhas que aqui venho falar. Já há alguns dias que ando a partilhar pelo meu stories uma mescla que já levou a Beatriz a implorar-me pela receita. Após dias na preguiça e sem energia para o fazer, aqui estou para vos apresentar o pão de linhaça, uma receita que achei pelo youtube, mas que da minha parte contém uns extras: os recheios variados. Tanto podem cozer o pão numa taça, para que ele adquira um aspeto à pão chapata, como também num prato, que vos fará lembrar uma panqueca ou um wrap. Os recheios que eu normalmente utilizo são ovos mexidos com bacon, legumes salteados do dia anterior, queijo e fiambre se me apetecer levá-lo à tostadeira. A imaginação não tem limites e é da vossa responsabilidade optar pelo que vos parecer mais delicioso! 

DENTE

Simples, rápido, delicioso e perfeito para os dias em que nos apetece um pão sem culpas! Posso ser uma leiga no que toca aos assuntos nutricionais, mas de uma coisa tenho a certeza: depois de tantos anos a tentar e a ser acompanhada, esta é a primeira vez em que encontrei, completamente sozinha e por conta própria, o tipo de alimentação que funciona comigo e com o meu corpo, e que o faz emagrecer sem muito esforço, stress ou qualquer outro sentimento que eu já tenha experimentado ao longo destes anos. Se se tivessem aproximado de mim e me tivessem dito que em pleno dois mil e dezassete eu estaria concentrada em cozinhar tudo em casa, como método de conhecer os meus limites e entender como é que essa ciência funciona, provavelmente eu me teria rido da vossa cara e continuaria a mordiscar uma comida qualquer, só porque sim!

Para além dos limites físicos, é tão importante compreendermos como é que a nossa mente lida com certos impulsos e certas manias... Não fosse por reconhecer isso em mim, e eu hoje não estaria tão bem psicologicamente, como ando ultimamente. Enfim, também não me quero alongar muito, mas espero que a receita vos tenha suscitado alguma curiosidade, e aqui estarei para receber o vosso feedback

6 comentários:

  1. Deve ser delicioso, tenho de experimentar :)

    ResponderEliminar
  2. Quero mais publicações destas!

    Tenho mudado muito a minha alimentação, também!, e gosto de experimentar!

    ❥ Biju da Ju,
    juvibes.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A parte das experiências é a mais divertida, sim, eheheh!

      E fica descansada que mais receitas virão! :*

      Eliminar
  3. Nunca provei pão de linhaça, mas gosto sempre de experimentar novas receitas e essa parece muito boa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois então deverias experimentar, pois é mesmo muuuuito bom! :D

      Eliminar