Second Time Hair Cut \\ Mudanças Necessárias

Dezanove anos e três meses foi o tempo que eu deixei passar para, pela segunda vez, decidir arrasar com o cabelo, encurtando-o a uma dimensão que muitos não esperam que alguém no seu perfeito juízo e sendo mulher faça. Ignorando os estereótipos que moldam a sociedade nos dias de hoje, é que fui capaz de abraçar a atitude que me mudou há quatro anos quando, num ato de necessidade e um certo desespero, cheguei a uma sexta-feira à tarde, peguei na minha tia, ela encaminhou-me para um cabeleireiro e cortei uma juba danificada, consciente de que daquela feita, eu cuidaria do meu cabelo natural, homenageando as minhas origens. Dois anos se passaram e foram o suficiente para eu cair novamente na tentação de utilizar produtos químicos para alisar o cabelo, convencida de que só assim é que eu conseguiria dominar o mesmo.

Agora, mais crescida e com mais bagagem atrás, descobri que eu posso ser bela sendo "cem porcento negra" (isto entre aspas porque sejamos sinceros, tenho muita mistura genética, mas isso é assunto para outro dia), sem medo de ser julgada pelos meus fios capilares crespos, com o devido volume, e que tanto enganam os olhos pouco treinados para discernir se os mesmos têm muito ou pouco comprimento. Desta vez, ficou mais do que decido de que eu tomaria conta daquilo que realmente me pertence, vencendo os obstáculos que por aí aparecerem, sejam eles acordar com o cabelo todo espetado, ou ter de hidratá-lo diariamente até obter uma textura que me parecer saudável. Este é o tipo de desafio que eu mesma procurei para mim e a ele me entregarei de corpo e alma. Porque eu pretendo ser mais do que eu mesma, eu pretendo transcender a minha própria existência, colocando os pontos nos is e os traços nos tês, chorando, sorrindo, reclamando com o vento que me destrói parte dos penteados e ficando com o brilho no olhar perante um elogio.

Mudanças

Cortar o cabelo, para mim, é uma manifestação que nos permite abrir as portas sem necessitarmos, propriamente, de uma chave. Se for o caso de as arrombarmos, que seja, o espaço é nosso, a vida é nossa, e quando devemos prestar atitudes ao universo, ele há de nos iluminar as ideias e afastar as nuvens que nos toldam a visão. Revolucionei-me, o meu cabelo conheceu as mãos da minha tia que tanto amor dedicou a cada corte, presentando-me com uma Carolayne mais jovem, mais determinada e mais capaz. Dias antes, escutei que o nosso cabelo armazena muita da nossa informação enquanto seres vivos e que, se eu parasse para analisar, sempre que alguém deseja o palpitar de uma mudança, a primeira coisa que ela faz é desfazer-se do cabelo, significando que dessa feita, tudo seria realizável. Quatro anos depois, posso corroborar com tal argumento.

E por aí, já alguém superou limites e cortou o cabelo mais do que o normal? :P

Comentários

  1. O importante é que te sintas bem contigo mesma, com cabelo curto, comprido, crespo, liso.
    Eu tenho cabelo curto, acerca de dois anos tinha o cabelo comprido, cheguei à cabeleireira e disse "corte para aí". Ela lá foi cortando mas sempre a perguntar se estava bom (acho que estava com mais medo que eu :p), acabei por cortar mais de metade do cabelo. Gostei tanto do resultado que nunca mais quis outra coisa :)
    Gostei muito, beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Fica-te muito bem :)
    Eu também já cortei o meu cabelo mesmo curto, duas vezes. Uma em criança, que não me fez diferença nenhuma (e cortei mesmo à rapaz), e outra mais tarde, com 16/17. Mas desta última vez arrependi-me e nunca mais repeti o ato x)

    ResponderEliminar
  3. Adoro essa mentalidade, e ainda bem que tiveste coragem de tomar esse passo!
    De livre vontade (ou seja, sem ser coagida pela minha mãe), cortei muito o cabelo pela primeira vez faz em janeiro de 2018 dois anos (na altura em que comecei o blog - lá está, novos começos xD). E agora, com o início da faculdade, voltei a cortar pelos ombros mas já não foi tão radical por nunca mais ter deixado o meu cabelo chegar aquele comprimento.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Remédio santo para se acordar cedo

BEAUTY review \\ Cuidado de rosto CIEN

O blogue sofrerá mudanças... E desta vez, das grandes!